Ser pobre é não ter alguma parente que te indique dentro de uma empresa boa......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

 
COMPROMISSO DE COMPRA E VENDA DE TERRENO A PRAZOCOMPROMISSO DE COMPRA E VENDA DE TERRENO A PRAZO

COMPROMISSO DE COMPRA E VENDA DE TERRENO A PRAZO


Pelo presente instrumento particular de compromisso de compra venda, de um lado ............................................. (nome completo e por extenso de quem está vendendo), nacionalidade ..............................., estado civil ................................., (se casado, discriminar: em regime de comunhão de bens ou em regime de separação de bens), profissão ..............................., CIC n.º .................................., Cédula de Identidade RG n.º .................................., residente e domiciliado à Rua .................................................. n.º ........ na cidade de ................................., Estado de ................................ (se casado, seguir com os dados:), e seu cônjuge .................................., (nome completo e por extenso), nacionalidade ..............................., estado civil ..........................., (discriminar: em regime de comunhão de bens ou de separação de bens), profissão ..........................., CIC n.º .................................., Cédula de Identidade RG n.º .................................., residente e domiciliado à Rua ........................... n.º ........., na cidade de ....................., Estado de ......................., de ora em diante chamados simplesmente de VENDEDORES e de outro lado ...................(nome completo e por extenso de quem compra), nacionalidade .................................., estado civil ..................................... (se casado, discriminar: em regime de comunhão de bens ou em regime de separação de bens), profissão ....................................., CIC n.º .............., Cédula de Identidade RG n.º .................................................. (se casado, seguir com os dados:), e seu cônjuge ............................................................. (nome completo e por extenso), nacionalidade ..........................................., estado civil .................................. (discriminar: em regime de comunhão ou em regime de separação de bens), profissão ................................................, CIC n.º ......................................, Cédula de Identidade RG n.º ...................................., ambos residentes e domiciliados à Rua ............................................................ n.º ......., na cidade de ......................................., Estado de ............................., de ora em diante chamados simplesmente de COMPRADORES, têm, entre si, como justo e contratado o que se segue:
1º - Os VENDEDORES são senhores e legítimos possuidores e proprietários do imóvel com as seguintes características e confrontações: .............................. (descrição detalhada do imóvel, extraída do seu documento de posse ou propriedade e citação, também detalhada, do documento de posse ou propriedade).
2º - Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, os VENDEDORES têm ajustado vender conforme prometem aos COMPRADORES, e estes a comprar-lhes o imóvel descrito e caracterizado na cláusula anterior, que possuem de forma livre e desembaraçada de quaisquer ônus (real, pessoal, fiscal ou extrajudicial), dívidas, arrestos ou seqüestras, ou ainda de restrições de qualquer natureza, pelo preço e de conformidade com as cláusulas e condições adiante estabelecidas.
3º - O preço certo e ajustado da venda ora prometida é de R$.......................... (transcrever o valor integral por extenso), por conta do qual os VENDEDORES confessam e declaram haver recebido dos COMPRADORES a quantia de R$................................................... (transcrever por extenso), a título de sinal e princípio de pagamento, conforme recebido assinado pelos VENDEDORES e que, na época do pagamento, foi entregue aos COMPRADORES, e de cujo recebimento dão a mais ampla e irrevogável quitação para não mais repetir.
§ 1º - O restante do preço, no valor de R$.................................. (valor do saldo a pagar, transcrito também por extenso), será pago pelos COMPRADORES da seguinte forma: (descrever e detalhar a forma de pagamento, as datas dos vencimentos e se vencem juros ou se os juros estão inclusos ou se não haverá juros) (se as prestações forem representadas por promissórias, concluir dizendo: emitidas pelos VENDEDORES em favor dos COMPRADORES e vinculadas ao presente contrato).
§ 2º - Os COMPRADORES obrigam-se a pagar pontualmente cada uma das ......................... (prestações ou notas promissórias) aos VENDEDORES, na residência destes, à Rua .......................................................... n.º ........., na cidade de .............................., Estado de ...................................., ou onde for por eles indicado, sob pena de, em não o fazendo e sem prejuízo das sanções consentâneas de seu inadimplemento, ficarem sujeitos ao pagamento de juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês.
4º - O não pagamento pelos COMPRADORES na data do vencimento de qualquer das notas promissórias e dos encargos a que estão obrigados por força contratual e, interpelados judicialmente ou notificados através do Cartório de Títulos e Documentos, não purgarem a mora no prazo de 15 (quinze) dias, contados do recebimento da interpelação ou notificação, acarretará, de pleno jure, a rescisão deste contrato, rescisão esta que se operará em favor dos VENDEDORES, independentemente de qualquer acordo judicial ou extrajudicial, e, como conseqüência, perderão os COMPRADORES, desde logo, não só a posse do imóvel prometido, como também quaisquer parcelas de dinheiro pagas por conta do preço pactuado até a época do inadimplemento, não lhes cabendo o direito de retenção e indenização por benfeitorias voluptuárias, úteis e necessárias que tenham realizado no citado imóvel, o qual deverá ser restituído "incontinenti" sob pena de configuração de esbulho possessório.
Parágrafo único - Feita a interpelação ou notificação referidas nesta cláusula, os COMPRADORES poderão, no prazo nela mencionado, purgar a mora, pagando:
a) o valor da nota promissória vencida;
b) os juros moratórios;
c) as despesas que os VENDEDORES hajam feito com a notificação ou interpelação, bem como as relativas a honorários de advogado, se constituídos, à base de 10% (dez por cento) sobre o montante devido.
5º - Aposse do imóvel, objeto deste contrato, é transmitida pelos VENDEDORES aos COMPRADORES, neste ato, nessa posse permanecendo os COMPRADORES, enquanto cumprirem com as suas obrigações contratuais, lavradas neste instrumento particular.
6º - Integralizado que seja pelos COMPRADORES o preço total avençado neste contrato, obrigam-se os VENDEDORES a outorgar e assinar em nome dos COMPRADORES, ou em nome de quem por eles for indicado, ou que ainda legalmente os representante, a competente escritura definitiva de venda e compra do imóvel descrito na cláusula primeira, totalmente livre e desembaraçado de quaisquer ônus ou gravames de qualquer natureza.
Parágrafo único - A inadimplência dos VENDEDORES, consistente na recusa à outorga da escritura definitiva de que trata esta cláusula, dará aos COMPRADORES o direito de pedir a adjudicação compulsória do imóvel, na forma da lei, além de outras medidas tendentes ao recebimento de indenizações por perdas e danos que venham a ser causados em razão da citada recusa.
7º - A partir da data de assinatura do presente contrato, correção, por conta exclusiva dos COMPRADORES, todos os impostos, taxas ou contribuições fiscais de qualquer natureza incidentes sobre o imóvel objeto deste contrato e por estes deverão ser pagos nas épocas próprias e nas repartições competentes, ainda que lançados em nome dos VENDEDORES ou de terceiros, assim como serão, desde já, d sua inteira responsabilidade, as despesas com o registro deste contrato e da escritura definitiva de venda e compra no Registro de Imóveis, emolumentos notariais, e outras de qualquer natureza e decorrentes desta transação, inclusive o pagamento de imposto de transmissão de bens imóveis (sisa).
8º - Os COMPRADORES poderão ceder e transferir os direitos que lhes decorrem deste contrato independentemente da ausência dos VENDEDORES, porém, cedentes e cessionários ficarão solidários no cumprimento das obrigações ora ajustadas.
9º - O presente contrato é celebrado sob a condição expressa de sua irrevogabilidade e irretratabilidade, ressalvado o eventual inadimplemento dos COMPRADORES, renunciando os contratantes, expressamente, à faculdade de arrependimento concedida pelo art. 1.095 do Código Civil.
10º - Para dirimir quaisquer questões que direta ou indiretamente decorrem deste contrato, as partes elegem o Foro desta Comarca, com renúncia expressa de qualquer outro, por mais privilegiado que seja.
11º - Para todos os fins e efeitos de direito, os contratantes declaram aceitar o presente contrato nos expressos termos em que foi lavrado, obrigando-se a si, seus herdeiros e sucessores a bem e fielmente cumpri-lo.
12º - Fica o Sr. Oficial do Registro de Imóveis autorizado, mediante provocação de qualquer das partes contratantes, a promover o registro do presente instrumento, na forma hábil, para o que as partes declaram que ..................... (nome do vendedor) é casado em regime de comunhão de bens com ....................................... antes da Lei n.º 6.515, de 1977, e que o ................................... (nome do comprador) é casado em regime de comunhão de bens com .................................................. também antes da Lei n.º 6.515, de 1977.
E, por estarem assim ajustados, declarando as partes que não estão vinculadas às restrições da legislação previdenciária, como empregadores, firmam o presente instrumento particular em 3 (três) vias de igual teor e forma, na presença das testemunhas que também o assinam.

......................, .............. de ......................... de .............

VENDEDORES
.......................................................
........................................................

COMPRADORES
........................................................
........................................................

Testemunhas:
1ª - .........................................
2ª - .........................................

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.