Ser pobre é Cortar os pezinhos do tip top para servir mais......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

 
RECURSO PARA O TERCEIRO CONSELHO DE CONTRIBUINTES

Exmo. Sr. Delegado da Receita Federal

..................., infra-assinado, no processo n° ...../....., que não se conformando com o respeitável despacho de V. Ex.a. de fls. ...., quer do mesmo recorrer, como de fato recorrido tem, para o Egrégio Terceiro Conselho de Contribuintes, e o faz, dentro do prazo legal, e conforme lei vigente, pelos seguintes motivos:

1°) - O recorrente, intimado do auto de infração n° ...../....., apresentou a defesa de fl. ....., juntando as provas de que o cheque n° ....., da importância de R$ ..... (extenso) , foi por si resgatado, (declaração dos credores de fls. ... e ...), operando-se, a exigência legal da "honra do cheque", de que cogita o art. .... do referido decreto.

2°) - Sem embargo disso, o Sr. Delegado Regional de Rendas Internas, à vista da informação de fls. ....., julgou procedente a penalidade que lhe fora aplicada, consistente da multa de R$ ..... (extenso).

3°) - Entretanto, a informação de fl. ..... não pode prevalecer, porque as declarações do Sr. .........., de que os cheques em questão lhe foi resgatado pelo devedor ou emitente do mesmo, implica, necessariamente, na presunção de que recebeu a quantia constante do cheque, a título de credor do mesmo, tendo sido honrado o cheque pelo devedor. A lei não diz que "a prova de que o cheque foi resgatado há de ser antes do comunicado do banco", pois tanto é verdade, ter-se efetuado o pagamento do referido cheque, que se acha constante das fls. ..... e .....; além do mais, ao comunicar à repartição fiscal a insuficiência de fundos, o banco apontou a irregularidade. todavia, tendo sido o cheque resgatado em ...../...../....., sanaram-se todas as irregularidades apontadas na representação de fl. ......

Ora, as declarações de fls. ..... e ..... provam que o pagamento do cheque se deu em ...../...../....., antes do auto de inflação de fl. ....., que se deu muito depois do pagamento dos referidos cheques; e, portanto, não pode haver a menor dúvida de que o cheque foi honrado, antes de iniciado qualquer procedimento fiscal, como manda a lei.

4°) - A lei não faz questão fechada de que o emitente do cheque sem cobertura deva ser punido e que a penalidade deva prevalecer a juízo do funcionário que informa o processo; o que a lei quer é a moralização do "instituto do cheque", com a honra do cheque, antes do início do procedimento fiscal. Segundo a informação de fl. ..... em que assevera que, não obstante as declarações de fls. ..... e ......, persistem as irregularidades apontadas na representação de fl. .....; tal informação não pode prevalecer pois, além das declarações, juntaram-se também os referidos cheques para dirimir quaisquer dúvidas referentes ao seu resgate.

Dessa forma, espera o recorrente desse Colendo Terceiro Conselho de Contribuintes, seja dado provimento ao presente recurso, no sentido de ser anulado o processo n° ...../....., que deve ser arquivado, em face do alegado e provado, que está de acordo com a lei.

..............., ..........................................

Requerente

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.