Ser pobre é plantar pé de pião roxo em frente a casa pra espantar mau olhado......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

 
PARCERIA PECUÁRIA - CONTRATO

PARCERIA PECUÁRIA - CONTRATO

Por meio deste instrumento particular de parceria pecuária, de um lado, ... (nome por extenso), nacionalidade ... , estado civil ... , profissão ... , CPF nº ... , Carteira de Identidade nº ... , residente e domiciliado à ... (localização do domicílio), nesta cidade e Estado e de ora em diante chamado simplesmente de PARCEIRO OUTORGANTE, e de outro lado ... (nome por extenso), nacionalidade ... , estado civil ... , profissão ... , CPF nº ... , Carteira de Identidade nº ... , residente e domiciliado à ... (localização do domicílio), nesta cidade e Estado e de ora em diante chamado simplesmente de PARCEIRO OUTORGADO, têm, entre si, como justo e contratado o seguinte:
Cláusula 1ª - O PARCEIRO OUTORGANTE é proprietário da fazenda denominada ... , situada no Bairro de ... , Município de ... , Estado de ..., conforme título de propriedade (ou de posse) (descrever detalhadamente o título de posse, inclusive o cadastro do INCRA).
Cláusula 2ª - O PARCEIRO OUTORGANTE cede ao PARCEIRO OUTORGADO uma gleba de terra com área de ... ( ... ) alqueire ou ... ( ... ) hectare, demarcada de comum acordo pelas partes, para que nela, juntamente com seu conjunto familiar, plante e cultive o que lhe aprouver, dentro da lavoura que se encerre no período do ano agrícola.
Cláusula 3ª - Caberá ao PARCEIRO OUTORGANTE a cota ... % (mencionar por extenso) de tudo que produzir a referida área, o que deverá ser entregue no depósito ou tulha da Fazenda, após o término das respectivas colheitas.
Cláusula 4ª - O PARCEIRO OUTORGANTE entregará ao PARCEIRO OUTORGADO a terra arada e gradeada, fornecendo-lhe os implementos agrícolas, arados, carpideiras, plantadeiras, etc., para atender aos trabalhos culturais e mais animais de tração, mulas, burros, cavalos, etc.
Cláusula 5ª - O PARCEIRO OUTORGANTE fornecerá as sementes necessárias para a lavoura, retirando-as (da Casa de Lavoura, se for o caso) por sua conta e as entregando na Fazenda.
Cláusula 6ª - O PARCEIRO OUTORGADO poderá residir em casa de moradia da Fazenda, a ser designada, e terá galpão ou tulha para guardar cereais e implementos agrícolas, podendo plantar horta em terreno ou quintal, bem como fazer criação de animais domésticos, galinhas, porcos etc., desde que os mantenha em cercados próprios para que não causem prejuízos à propriedade ou aos vizinhos.
Cláusula 7ª - O PARCEIRO OUTORGANTE fornecerá os fertilizantes e inseticidas necessários à lavoura, bem como fará financiamento anual na base de ... por alqueire ou por hectare. Para o necessário controle, haverá uma conta-corrente em caderneta na qual serão escriturados os pagamentos e as despesas. Mensalmente, será fornecida ao PARCEIRO OUTORGADO uma cópia do balanço mensal. As despesas em questão serão liquidadas quando vencer o ano agrícola, com o resultado da venda das colheitas. Sobre as quantias do financiamento serão cobrados juros bancários, nos termos da legislação agrária.
Cláusula 8ª - O presente contrato é feito pelo prazo de ... anos ou ... meses, contados a partir de sua assinatura e a terminar no dia ... de ... de ... , podendo ser renovado caso haja acordo entre as partes.
Cláusula 9ª - O PARCEIRO OUTORGADO não pode transferir o presente contrato, ceder nem emprestar o imóvel ou parte dele, sem prévio e expresso consentimento do PARCEIRO OUTORGANTE, bem como não poderá mudar a destinação do imóvel expressa neste contrato e no conseqüente despejo do PARCEIRO OUTORGADO, nos termos da legislação agrária em vigor.
Cláusula 10ª - Na exploração da área cedida em parceria, devem ser obedecidas as normas técnicas a serem fornecidas pelo PARCEIRO OUTORGANTE, visando à conservação do solo e ao combate à erosão, através de curvas de nível, aplicação de fertilizantes e de adubos, plantio em rotação de culturas, dentro de normas que impeçam o esgotamento do solo.
Cláusula 11ª - Quando o PARCEIRO OUTORGADO ou pessoas de seu conjunto familiar não estiverem trabalhando nas plantações da parceria, poderão, se assim o desejarem, trabalhar em empreiteiras ou em serviços avulsos para a Fazenda, desde que tal fato não acarrete prejuízo para as lavouras objeto do presente contrato.
Cláusula 12ª - Fica eleito o Foro da Comarca de ... para solucionar qualquer questão judicial decorrente deste contrato, inclusive para ação de despejo, se necessária.
E por estarem as partes, aqui contratantes, em pleno acordo com tudo quanto se encontra disposto neste instrumento particular, assinam-no na presença das duas testemunhas abaixo, em 2 (duas) vias de igual forma e teor e forma, destinando-se uma via para cada um dos interessados.
... , ... de ... de ...
parceiro outorgante
...
parceiro outorgado
Testemunhas:
.................................................................
(Nome completo e nº e órgão expedidor da carteira de identidade)
.................................................................
(Nome completo e nº e órgão expedidor da carteira de identidade)

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.