Ser pobre é Ficar discutindo com os amigos, quantas barbas da pra fazer com uma lamina de Gilete....

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

 
Sociedade em Comandita por Ações - Estatuto Social

Sociedade em Comandita por Ações - Estatuto Social

CAPÍTULO I
DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO
Artigo 1º - Sob a denominação de ................. (firma ou razão social) & Cia.- Comandita por Ações, fica constituída uma sociedade comercial, em comandita por ações que se regerá pelo presente estatuto, nos termos da Lei nº 6.404/76 e demais legislação aplicável.
Artigo 2º - A Sociedade terá a sua sede social na cidade de ................ , na rua .................... , nº ............., bairro ......... , podendo a sua administração estabelecer, onde convier, agências, filiais, sucursais e representações.
Artigo 3º - A Sociedade tem por objetivo ................... (discriminar detalhadamente o objeto da Sociedade).
Artigo 4º - O prazo de duração da Sociedade é por prazo indeterminado (se for por prazo determinado, citar a data de encerramento das atividades).
CAPÍTULO II
DO CAPITAL E DAS AÇÕES
Artigo 5º - O Capital Social será de R$ ............... (em números e por extenso), dividido em ............ (em números e por extenso) ações ordinárias nominativas no valor unitário de R$ .................. (em números e por extenso) por ação.
Artigo 6º - O capital será subscrito no ato de assinatura do Boletim de subscrição e integralizado em ................... (forma da integralização) no prazo de ... (em números e por extenso) meses, a contar da data de constituição da Sociedade, em ... (em números e por extenso) prestações iguais e sucessivas, sendo que, no ato da subscrição do Capital Social deverá ser integralizado pelo mínimo ..... % (em números e por extenso), do valor subscrito , representado por ... (moeda corrente ou bens).
Artigo 7º - As ações não poderão ser cedidas ou transferidas a terceiros, sem anuência e aprovação prévia da Diretoria cabendo aos acionistas o direito de preferência para a sua aquisição.
Artigo 8º - O acionista que desejar ceder ou transferir suas ações, deverá comunicar por escrito à sociedade, que terá o prazo de 60 dias a contar da data do recebimento da comunicação, para fazer valer o direito de preferência entre todos os acionistas, ou, liberar para cedência ou transferência a terceiros.
Artigo 9º - Cada ação dá direito a um voto nas assembléias gerais desta Sociedade.
CAPÍTULO III
DA DIREÇÃO
Artigo 10 - A Sociedade será administrada e dirigida por .... (em números e por extenso). acionistas, na qualidade de diretores, escolhidos pela assembléia geral de constituição e fundação, por tempo ilimitado, os quais responderão solidária e ilimitadamente pelas obrigações sociais, na forma dos arts. 281, 282 e 283 da Lei nº 6.404/76.
§ 1º Os diretores somente poderão ser destituídos por deliberação de acionistas que representem 2/3 (dois terços), no mínimo, do capital social.
§ 2º O diretor ou gerente que for destituído ou se exonerar continuará por dois anos, responsável pelas obrigações sociais contraídas sob sua administração.
Artigo 11 - Em caso de renúncia ou morte de qualquer dos diretores, a Sociedade não se dissolverá, os acionistas reunir-se-ão, em assembléia geral, especialmente convocada e procederão a escolha do novo diretor.
Artigo 12 - Compete aos diretores, em conjunto ou separadamente ... (descrever as atribuições de cada diretor).
Artigo 13 - Os diretores ficam proibidos de em nome da Sociedade tratar ou firmar negócios estranhos aos objetivos sociais.
Artigo 14 - A Assembléia geral anual, fixará a remuneração mensal dos diretores, cujo valor valerá para todo o exercício fiscal.
CAPÍTULO IV
DO CONSELHO FISCAL
Artigo 15 - O Conselho Fiscal da Sociedade será constituído de 3 (três) membros efetivos e 3 (três) membros suplentes, eleitos anualmente pela assembléia de acionistas, podendo ser reeleitos.
Artigo 16 - Competirá ao Conselho Fiscal os deveres e as atribuições que lhe são conferidas pela Lei nº 6.404/76.
Artigo 17 - Pelo desempenho de suas funções, atribuídas por lei, cada membro efetivo do Conselho Fiscal será remunerado anualmente com honorários que serão fixados pela assembléia geral de acionistas que os eleger.
CAPÍTULO V
DA ASSEMBLÉIA GERAL
Artigo 18 - Anualmente, uma assembléia geral ordinária se realizará até o dia ... do mês ..............., destinada à aprovação de contas do exercício findo, eleição dos membros do Conselho Fiscal, fixação de honorários dos Diretores e dos membros efetivos do Conselho Fiscal e para outras deliberações de interesse da Sociedade.
Artigo 19 - As assembléias gerais estarão constituídas legalmente, desde que estejam presentes acionistas que representem ... % (mencionar por extenso) do Capital Social, no mínimo.
Artigo 20 - As assembléias gerais extraordinárias serão realizadas sempre que necessárias ou determinadas por lei, seja por convocação dos diretores ou do Conselho Fiscal, com observância do disposto na Lei nº 6.404/76.
CAPÍTULO VI
DO EXERCÍCIO SOCIAL E DO LUCRO
Artigo 21 - O exercício social será encerrado em ........... (dia e mês) de cada ano.
Artigo 22 - Os lucros líquidos apurados no balanço geral serão distribuídos da seguinte forma: (especificar a forma de distribuição, os percentuais para reservas etc).
CAPÍTULO VII
DA LIQUIDAÇÃO DA SOCIEDADE
Artigo 23 - A Sociedade entrará em liquidação nos casos legais, ou por proposta de Diretoria, competindo à Assembléia Geral estabelecer o modo, eleger os liquidantes e o Conselho Fiscal que deverá funcionar no período de liquidação.
CAPÍTULO VIII
DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS
Artigo 24 - Os casos omissos serão regidos pela legislação em vigor e especialmente pela Lei nº 6.404/76.

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.