Ser pobre é andar na rua contando na mao as moedas de pagar o onibus......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

Tem que escrever sobre algo e deu Branco??? Veja estas dicas...
Uma folha de papel em Branco e... nada. É duro quando precisamos escrever algo e a inspiração não aparece. Nenhuma idéia, frase, nada... É duro romper o Branco do papel e sair a primeira palavra, primeira linha, ... Deu Branco!
Não só escritores profissionais sofrem deste mal. Na escola temos que fazer uma redação, no trabalho um relatório e em muitas outras situações quanto temos que escrever sobre algo e na "hora H" dá o famoso Branco. O que fazer? Escritores profissionais chegam a ficar meses ou até anos com bloqueio e não escrevem nada.
As origens do Branco podem ser variadas: falta de inspiração, problemas psicológicos, falta de conhecimento, ...
Acompanhe abaixo algumas dicas para superar o Branco que servem tanto para escritores profissionais quanto para meros estudantes e trabalhadores:

- Simplesmente escreva:
Não se preocupe em formatações, regras de português, formalidades e mais nada. Simplesmente escreve tudo que tiver na mente sobre o assunto que deseja escrever - Se não tiver assunto e estiver com Branco em relação a qual assunto escrever, escreva o que lhe der na cabeça.
Nesta etapa vale tudo. Se não tiver idéia alguma saia escrevendo sobre o barulho do telefone ou qualquer outra coisa.
Esta etapa serve para aquecer seus pensamentos, ou seja, para sua cabeça "pegar no tranco".
Depois de escrever algumas linhas ou páginas releia o que escreveu e veja se já saiu algo que presta. Se positivo, então pegue o "fio da meada" e continue, caso contrário volte a escrever sem rumo mais algumas linhas, ou até páginas e depois releia para ver se já saiu algo.
Lembre-se que um livro não se escreve sozinho e ninguem escreveu um livro de primeira. Cada página de um livro é resultado de muitas outras que foram rascunho.


- Faça um projeto de onde deseja chegar:
Qual a "moral da história" do seu texto? Antes de tudo é bom pensar em que você deseja escrever. Um esqueleto seria bom, algo como iniciar falando de tal coisa, dissertar com foco em tal coisa e finalizar com tal idéia e conclusão. Lembre-se de deixar bem claro qual seria a idéia do texto. Posto isto deixe este "mapinha" do lado e saia escrevendo norteado nos pontos que traçou.

- Pratique com um jornal:
Nossa cabeça é como um computador. Quando temos uma dúvida e deixamos de pensar nela o "processamento" da solução vai para segundo plano, mas continua sendo processada até que seja encontrada uma solução. Uma prova deste fato é como quando encontramos alguem na rua na hora do almoço e lembramos que a conhecemos mas não lembramos de onde, dai bem mais tarde, na hora da janta ao ver o noticiário que nos lembramos do nada quem era tal pessoa. Isto ocorre justamente por isto: sua cabeça tirou o foco da busca da pessoa e ficou a tarde toda em segundo plano buscando quem seria a pessoa. Só bem mais tarde que a informação retornou.
Posto isto o exercício é o seguinte: Pegue um jornal, leia uma notícia e guarde. Depois pegue um papel e escreva novamente a notícia. Se preferir você pode reescrever a notícia alterando os fatos a gosto da sua imaginação. Neste processo sua mente vai se deligar da questão inicial e vai passar para segundo plano. No meio deste exercício com o jornal tenho certeza que vc vai ter várias idéias de oque escrever e seu Branco passará...


- Começe a praticar - Mantenha uma agenda ou blog:
Nada melhor que a prática para deixar algo no ponto. Escolha um meio e começe. Acesse este post no PobreVirtual (aprenda a criar um blog já com conteúdo - clique aqui) que te ensino como criar um blog e começe já. Se achar complicado pode ser com uma agenda de papel mesmo. O importante é diariamente escrever algo para adquirir o hábito de escrever. Se for uma agenda ou blog privado o tema fica fácil: escreva sobre os acontecimentos do dia. Se você for mais ousado e tiver um blog público escolha um tema e escreva...

- Para quem você está escrevendo?
Outra dica muito boa é lembrar que quando você escreve algo, este texto vai ser lido por alguém. E quem seria? O que você gostaria que seu(s) leitor(es) pensasse(m)? Quais pensamentos tivesse? Quais emoções e entendimentos?
Na falta de idéias e inspiração faço o caminho contrário: quando alguem ler este texto gostaria que entendesse tal ponto, sentisse tal sentimento, ... e em cima destas idéias de resultado vá escrevendo.

O Branco é duro de enfrentar e não é brincadeira. Alguns escritores já foram derrubados por ele e nunca mais conseguiram escrever nada. Adquira o hábito de escrever e siga as dicas acima que espero que você nunca passe por um Branco, ou se passar que seja breve.

veja os vídeos do Programa Zmaro: Humor inteligente de forma descontraída. Acesse www.Zmaro.com.br

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.