Ser pobre é não fazer festa de casamento pra poder gastar na lua-de-mel......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

Vamos tomar um chá???
Trata-se da taxonomia de Bloom.
Nesta estrutura de organização hierárquica, onde temos
Conhecimento, Habilidade e Atitude, novamente destaco meu componente predileto: a atitude, e de preferência positiva.
Na carreira que escolhemos, seja ela qual for, é imprescindível adotarmos uma postura positiva. Podemos adquirir conhecimentos, desenvolver habilidades, mas mudar uma atitude negativa não é fácil. Por isso, oriente-se pelas positivas, sempre.
E não pense que ter um elevado conhecimento ou possuir habilidades incríveis sustente uma imagem negativa. Na soma de uma técnica primorosa com uma postura horrorosa o resultado não é bom.
O consultor Max Gehringer enumerou, de forma simples e divertida, cinco atitudes que podemos julgar inaceitáveis para um profissional. Sobre essas atitudes construí 05 personagens, e gerei o sexto por conta e risco:
- Onipotente: a frase que melhor caracteriza este profissional é “deixa comigo”. Ele sempre promete que “dá conta do recado”, mas os resultados apresentados não acompanham suas ofertas. Porque prometeu coisa demais, a imagem associada a ele é a de quem promete e não cumpre. É melhor propor pequenas soluções e superar expectativas.
- Impreciso: ele sempre “acha que”. Em reuniões ou apresentações oferece dados, números ou informações sem ter certeza de sua veracidade. O resultado dessa atitude é a falta de confiança e de credibilidade. Na dúvida diga apenas que vai confirmar a informação antes de divulgá-la.
- Teimoso: não admite perder uma discussão, e por esse motivo argumenta sem a menor necessidade. Certo ou errado, a última palavra sempre tem que ser a dele. Perde por não ficar calado, e de persistente torna-se o insistente, o chato teimoso.
- Esquecido: quando elogiado por um trabalho realizado em equipe nunca se lembra de dizer quem o ajudou. Para que mencionar os nomes dos colegas se pode ficar com o crédito só para ele? Como resultado ele adquire a imagem de mesquinho, individualista.
- Crítico: ele adora criticar o trabalho dos colegas, mas nunca oferece uma sugestão. Sempre acha defeito naquilo que não é sua obra. O que ganha com isso? A imagem de invejoso, de “cricri”.
- Pessimista: você se lembra do desenho animado “Lippy and Hardy”, em que Hardy era uma hiena pessimista que passava o dia dizendo “Oh dia, oh céus, oh azar... Isso não vai dar certo!”. Precisa falar mais alguma coisa?
Assumir algum desses papéis, por um descompasso da vida, em um momento de descontrole que não vai mais se repetir, pode até acontecer, mas adotar como atitude jamais.
Rótulo só fica bom em produtos!

Fonte: dimensaohumana

veja os vídeos do Programa Zmaro: Humor inteligente de forma descontraída. Acesse www.Zmaro.com.br

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.