Ser pobre é quando o shampoo tah acabando colocar água pra durar mais......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

Noções de eletrônica para leigos...
 

O conteúdo apresentado aqui é breve e direto, não prometendo sua qualificação ou conhecimento máximo nos assuntos aqui descritos.
Más já possibilita você pesquisar se seu técnico eletrônico enrola você ou sabe mesmo do assunto.
Explicações quanto a medida e nomenclatura na eletrônica:

A frequência é o numero de vezes que a carga passa pelo circuito quando ligado e a mediada se dá em Hertz (ciclo por segundo) em osciloscópios geralmente não se vê
a frequência na medida hertz mas a definição e dada pelo tempo que a carga leva de um ponto a outro(do positivo da ponteira até a negativa), então se la mostrar quem em
0.016666666... para saber a frequência em hertz basta saber seu inverso 1/0.016666666 = 60 então 60 hertz( ou 60 ciclo por segundo)

Sobre Resistência sua medida é dada em Ohm e seu dever é assegurar que não haja oscilamento de potencia muito alto, para entender melhor:
Tensão da carga(Volts é a medida) e corrente (amperes é a medida), formam uma potencia(watts é a medida), o calculo é básico
tensão x corrente = potencia (disto tomamos a logica de que alguns aparelhos operam a tantos watts pois não deve haver nenhuma mudança ou fuga na tensão ou
corrente.)
a resistência assegura de limitar tensão e corrente a depender sua medida. O calculo de resistência entra num triangulo sendo
Volts/resistência = se obtêm valor da corrente Volts/corrente = se obtêm valor de resistência Corrente . Resistência(ou vice-versa) = Valor da tensão
então um aparelho que funcione a 12 Watts e recebe 127 volts terá quantos amperes e qual sua resistência para gerar 12 Watts
12(watt) / 127(tensão)= 0,09448 amperes pronto agora sua resistência é 127(tensão) / 0,09448(corrente) = 1344,19 Ohms.


Sobre Capacitores(também chamados condensadores), para começão falamos de sua característica: se alimentar da tensão e guardando sua energia até poder ser
liberada(parece uma pilhar por conter elétrons depois de alimentada, mais lembrando que ele vem descarregado e tem características diferentes), sua capacitância é dada
em Farad e seu limite de tensão a se alimentar é dada em volts. Já que o capacitor entra em cálculos complexos vou passar só o básico
Ele se colocado num circuito alimentado por uma bateria(ou seja energia limitada) depois de carregado manterá sua carga até haver por onde sair e o pólo dele será
espelhado á bateria(o positivo da bateria é o positivo do capacitor e o negativo idem).em um alimentador que provem de tomada(ou seja energia até a energia da casa cair)
ele se carregará e anulará o circuito enquanto estiver carregado.(más estas características só valem se não tiver outro elemento ou conexão no circuito alem do capacitor)
, com outros elementos juntos ele se carregará e se descarregará quando cortar energia(parecido com um no-break).

Sobre diodos, tecnicamente é feito de material bom isolante como silício ou germânio, mas com uma certa dopagem com outro material tornando se condutor por isso
diodos são chamados de semicondutores e sua dopagem determina seu grau de condução, os polos do diodo são chamados ânodo e o cátodo que tem um lado certo no
circuito para abrir e fechar o circuito tecnicamente o anodo no lado positivo e o cátodo no negativo para o circuito funcionar(fechar circuito) , caso colocado ao contrario ele
corta o circuito e nada funciona(abrir circuito).há alguns casos em que diodos funcionam melhor ao contrario,Mas neste caso o diodo é feito pra isso, as variações de
característica dos diodos são grandes, por isso existem vários diodos diferentes. Não há medida nele a apenas o teste pra saber se o diodo está de acordo com sua
função. Pra isso em um multímetro ou um testador de diodos, você verifica qual a função do diodo(geralmente o multímetro só testa diodos simples o que entra em corte se
esta ao contrario pra isso ele apita se houver circuito funcionando, que não deve apitar se estiver sendo medido do lado correto), má como saber o lado certo: no diodo
comum e em alguns outros há um risco de um lado do diodo este lado riscado é o cátodo( o lado negativo no circuito) que você poe a ponteira negativa para testar.

O LED é um Diodo emissor de luz, por isso não pense que esta estragado se não acender quando colocado a uma carga, apenas troque de polaridade, mas vale lembrar que em tensões muito baixa pode não brilhar(por exemplo uma pilha já usada com pouca carga, ou no caso de tensão gerada por tomada tem de passar no minimo uns 0,8 volts para ver um tasquinho de luz, assim como há um valor minimo os diodos tem um valor máximo, que varia descritivamente, os mais comuns tem funcionamento até 2,5 volts, caso passe seu brilho será limitado a alguns minutos ou segundos. Para saber qual é o positivo e negativo observe o tamanho das pernas(se o LED for novo e não usado) o menor é o negativo, para testar com o multímetro vale a regra do diodo comum.

OBS:O valor minimo de um diodo que não emite luz pode variar de 0,4 a 0,6 Volts.
Quanto aos transistores, são baseados em diodos por conterem o mesmo material dentro mas aplicado diferente, a outra diferença é que um diodo comum contem
apenas positivo e negativo(duas pontas) já o transistor tem três pontas. Má já que esta apostila é apenas para tomar base da função e avaliação de componentes, não
detalharei os transistores aqui. Poderá saber mais pesquisando os nomes na internet, pagando um curso ou comprando uma apostila de eletrônica mais avançada no
assunto.

Indutores ou Bobinas : são componentes simples (um condutor enrolado em forma de espiral que pode ou não conter um núcleo, ou seja espiral livre ou com algo no seu
interior de ponta aponta enrolada.) que tecnicamente impõe a tensão e corrente momentaneamente, ou seja, quando inicia o circuito a tenção que passa inicialmente por
ele é imposto com uma tensão contraria causando uma corrente inversa e anulando o circuito momentaneamente, mas o circuito torna a funcionar aos poucos pois o indutor permite aos poucos, para saber sua indutância, a medida é dada em henry, e tecnicamente medirá o tempo de oposição e de recuperação do circuito, mas isso se vê em sua utilização no circuito e quem o acompanha, mas é basicamente isso.

Alto-falantes aparentemente igual aos microfones, no entanto a função do alto-falante é converter o sinal elétrico em vibração sonora, essa conversão dá-se no sentido inverso do microfone.
Nos alto-falantes é preciso fornecer altas pressões acústica, e portanto o nível de sinal eléctrico aplicado a ele deve ser muito grande, isso implica o uso de amplificadores.
O princípio de funcionamento de um alto-falante pode ser visto na figura abaixo.
Um alto-falante é constituído basicamente de quatro elementos: estrutura, cone, bobina móvel e ímã
A analogia  fundamental é simples, dois ímãs tanto se podem atrair como se podem repelir. O que ocorre no alto-falante é o mesmo, pois o ímã gera um campo magnético
fixo, enquanto a bobina, ao ser percorrida por uma corrente eléctrica, também gera um campo magnético que tanto se pode opor como se pode igualar em sentido ao do
ímã Isto acontece porque o sinal aplicado à bobina do alto-falante é de corrente alternada, assim sendo, quando a corrente circula num sentido na bobina, é criado um
campo magnético que faz com que a bobina seja repelida pelo ímã, e quando a polaridade se inverte faz com que a corrente que circula em sentido contrário origine que a
bobina seja atraída pelo imã.
A conversão do sinal eléctrico para sonoro dá-se ao prendermos a bobina num cone, que por sua vez se encontra fixo à estrutura. O movimento da bobina para frente e para
traz faz com que o cone, ao se deslocar, movimente o ar, provocando uma pressão sonora. Ou seja, se injetarmos um sinal de 1KHz a um alto-falante, o seu cone deverá
movimentar-se 1000 vezes por segundo. Tal facto influência a estrutura de um alto-falante, já que fica evidente que um alto-falante de grandes dimensões e elevado peso do
conjunto cone+bobina  terá dificuldades de efetuar movimentos rápidos (alta frequência).

Agora vejamos transformadores AC elevador e reduzível. No transformador elevador, sua característica é aumentar sua tensão mas mantendo a mesma potencia de entrada, ou seja, a tensão aumenta e a corrente diminui já que a potencia deve ser a mesma na saída vendo matematicamente
entra 127V produzindo 200 watts então sua corrente é:Potencia/Tensão=1,57 amperes. A saída é 180volts e claro potencia igual da entrada então sua corrente= 200/180=1,111 Viu a diferença.
Já no transformador reduzível o processo é contrario diminui a tensão mas a potencia é sempre a mesma então a corrente aumenta.
Vamos ver.
Entrada: 127Volts , 300Watts ---Saída: 30Vots 300 Watts 300/127=2,36 amperes --- 300/30=10 Amperes Subiu.

Agora que entendemos sua característica vou colocar mais umas informações: Pode haver muitas saídas de uma entrada só(algumas fontes de PC usam para gerar 5, 3, e 12 volts para a placa-mãe) Pode haver varias entradas, são usados duas entradas uniformes para duplicar a tensão de saída, ou usado para se usa na mesma tomada para não haver ruídos altos ou esquentar o material..
A transformação se dá por espiras idênticas ao indutor, mas no transformador é usado uma espira para cada entrada e saída, ou seja no minimo duas uma entrada outra saída, as espiras da entrada geram uma força eletromagnética que gera energia nas espiras de saída,gerando força para um circuito. também há calculo para espiras.
A tensão de entrada aplicado as espiras é comparada nas espiras de saída. mais facilitado é assim entrada 127 volts em 254 espiras equivale a 0,5 volts por espira então a saída também terá 0,5 volts por espira então se tiver 20 espiras na saída sua tensão será 10 volts.
Ou caso seja 180 espiras você terá 90 volts de saída (isto então é um transformador que reduz), mas caso haja 400 espiras você terá 200 volts (isto é um transformador amplificador).
 

Texto enviado por Cesar Diba

 

veja os vídeos do Programa Zmaro: Humor inteligente de forma descontraída. Acesse www.Zmaro.com.br

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.