Ser pobre é usar pano de prato com os dias da semana (segunda, terça, quarta...) e falar pra visita: Olha que que bonitinho......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

Comportamento das pessoas no supermercado...
 

Comportamento do Consumidor é assim: se você percebe atitudes semelhantes repetidamente, pode haver uma tendência de comportamento. Sempre que vou ao supermercado vejo alguns tipos e situações interessantes que as marcas e o varejo poderiam trabalhar mais para tornar a experiência de consumo melhor e, claro, ativar as vendas. Os perfis apresentados são percepções que não estão baseadas em pesquisas, mas podem servir como um começo para identificação de uma amostra e de ações de Marketing.

1) Família
Há famílias inteiras que tiram uma manhã ou uma tarde de um fim de semana para fazer as compras do mês. Enchem dois ou até três carrinhos com tudo que tem direito. A mãe divide a atenção de escolha dos produtos com as crianças, que não param de correr entre as gôndolas e por vezes escolhem o que querem levar para a casa. Em alguns casos, o casal divide as compras. O pai procura uma determinada cesta de produtos, como queijos e snacks, e a mãe outra, o arroz com o feijão mesmo. Às vezes, até a avó ou a sogra entra neste programa de família e serve como aval para a experimentação de novos produtos que serão aproveitados em novas receitas.

2) Casais que brigam
Ir ao supermercado para este perfil não é um prazer porque inevitavelmente sairão de lá brigados. Eles não conseguem chegar à conclusão sobre os produtos que levarão. Se dividem a tarefa de comprar, um erro é motivo de discussão. Se o homem ou a mulher coloca tudo o que vê pela frente no carrinho, o cônjuge pode não gostar porque a conta será alta ou por não estar contribuindo para comprar o que realmente é necessário. Geralmente são casais com orçamentos mais apertados e/ou que tem apenas um deles como principal provedor do orçamento doméstico.

3) Pais com crianças
Esse é um dos perfis mais debatidos. Não há percepção que indique uma diminuição ou aumento das crianças comprando com os pais. Por vezes, a criança é uma companheira do pai ou da mãe, que leva o filho para escolher o que deseja e até ajudar. Também faz parte das compensações pela ausência no dia a dia da criança. Alguns pais as deixam livres para escolherem, outros controlam e até mesmo substituem alguns produtos por marcas com preços mais baratos. Em alguns casos, os filhos ficam livres para comprar, mas estes já são mais crescidinhos. Alguns vão até comendo o produtos que ainda nem pagaram.

4) Pais ou “mães” de família com lista
Esse perfil é dos mais controlados e racionais. Antes de sair de casa, a mulher e/ou a empregada viram o que era preciso comprar, o que estava faltando na dispensa, fizeram a lista e o comprador vai, religiosamente, passando em todos os corredores e colocando os produtos indicados no carrinho. Ele não vê muitos os outros produtos, pois procura o que está determinado. A compra por impulso aqui só se dá depois de fazer a sua lista completa ou já no caixa, mas são compradores frequentes.

5) Grupo de jovens
Jovens adolescentes e jovens adultos muitas vezes andam em bando, tem aquela turma de sempre, e a ida ao supermercado não é diferente. Eles vão comprar os produtos para o churrasco do fim de semana ou para a festa juntos. Há ainda os que estudam perto de um ponto-de-venda e vão comprar guloseimas. Para este perfil, o supermercado é um ambiente de passagem que chega até a ser divertido. São as pessoas mais felizes do varejo. Às vezes estão com pressa, mas não deixam de comprar tudo que necessitam e desejam.

6) Idosos
Geralmente fazem compra sozinhos e vão ao supermercado com frequência. Compram em pouca quantidade, ou pelo fato de serem sozinhos, ou para não carregar muito peso. Alguns caixas os reconhecem. Por terem mais tempo livre, passam mais tempo diante das gôndolas. Para uma parcela deles, o supermercado serve como ponto de encontro ou um ambiente de convívio social.

7) Solteiros
Nos supermercados 24h horas, eles são a maioria depois das dez, onze e meia noite. O mercado single compra em pouca quantidade e por vezes faz visitas semanais ao ponto-de-venda, mas a média é quinzenal e mensal. Algumas mulheres procuram novidades e passeiam pelos corredores como se estivessem em um shopping depois de comprar o que a fez entrar na loja. O grande destaque aqui são os homens. Há os marinheiros de primeira viagem que precisam de ajuda porque não sabem qual produto é o melhor e muitas vezes acabam recorrendo à mulher ao lado, também solteira, para tirar a dúvida. Alguns até usam o desconhecimento como forma de se aproximar de uma pretendente. Sim, o supermercado, para os solteiros, também serve como ponto de paquera.

Fonte: HSM Blog
 

veja os vídeos do Programa Zmaro: Humor inteligente de forma descontraída. Acesse www.Zmaro.com.br

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.