Ser pobre é mostrar a casa para as visitas......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

Feliz Pascoa...
Como Surgiu a Páscoa?

Desde crianças aprendemos que a Páscoa é uma celebração cristã, que comemora a ressurreição de Jesus Cristo. No entanto sua origem não está ligada somente ao cristianismo, mas também a religiões pagãs do passado.

Para termos uma ideia, os símbolos da Páscoa que tão bem conhecemos como o coelho da Páscoa e os ovos vieram de religiões pagãs. Na Idade Média no Hemisfério Norte culturas pagãs comemoravam a chegada da primavera no mês de março. Essa estação é conhecida como a estação do renascimento e renovação, em que o inverno vai embora, dando lugar para o florescimento das plantas e da procriação dos animais.

Nessas festividades os povos agradeciam à deusa da fertilidade Eastre (este nome provavelmente deu origem à palavra Easter, que em inglês significa Páscoa). Os antigos europeus usavam dois símbolos para representar a fertilidade: a lebre (pois é um animal que procria rapidamente e facilmente) e o ovo (símbolo de uma nova vida para as aves e répteis). Os povos pagãos costumavam pintar os ovos, assim como faz o povo americano na época de Páscoa. A lebre era o símbolo de Gefjun, uma deusa nórdica.

O costume de considerar o coelho da Páscoa símbolo dessa data nunca foi citado na Bíblia. Mas você deve estar se perguntar por que falamos coelho e não lebre?

O motivo disso é que a versão "coelhinho da páscoa, que trazes pra mim?" é comercialmente mais interessante que "Lebre de Eastre, o que suas entranhas trazem de sorte para mim?", essa na verdade é a versão original da rima.

Como que essas duas comemorações tão distintas como um ritual de primavera pagão e a ressurreição de Jesus se misturaram?

Como muitos sabem, essa não é a primeira celebração cristã que se uniu a uma cultura pagã, o Natal é um outros grande exemplo disso. Na Idade Média muitas tradições pagãs começaram a ser incorporadas, no caso da Páscoa o motivo é que a ressurreição de Cristo, que começou a ser comemorada baseada na última ceia de Jesus e seus discípulos, e a festividade da deusa Eastre aconteciam em datas muito próximas, e os católicos resolveram unir as duas em uma só, utilizando alguns de seus costumes, transformando tudo em uma coisa só.

A Páscoa também segue a tradição judaica, mas no caso da Páscoa judaica (Pessach) ela é comemora não a ressurreição de Cristo e sim o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão para a liberdade. Se trata de um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.

Mas quando foi que o coelho começou a ser usado como símbolo da Páscoa?

No século XVI. Mas só foi a partir do ano de 1680 que surgiu o conto que o coelho escondia ovos no jardim. Já na América essa lenda veio no século XVIII, na época em que os europeus estavam colonizando a América.

Assim anos depois surgiu o costume de criar pequenos ninhos para que os coelhos pusessem os ovinhos, posteriormente os ninhos foram transformados em grandes cestas de ovos coloridos e mais tarde eles foram sendo substituídos por doces, chocolates e pequenos presentes, como nos dias atuais.

Hoje a Páscoa, assim como o Natal é vista como um grande comércio, sendo que as empresas utilizam a imagem do coelho como marketing do negócio de chocolate.

FELIZ PASCOA A TODOS!!!

veja os vídeos do Programa Zmaro: Humor inteligente de forma descontraída. Acesse www.Zmaro.com.br

 

Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.