Ser pobre é vender o almoço pra comer na janta......

veja todos os voos de drone em

www.Zmaro.tv/Drone

 

 

Mais
acessados

Principal

Modelos de
Documento

Receitas

Resumos
de Livros

 Perguntas e Respostas
 Jurídicas

Idéias para
ficar rico

Dicas gerais

Dizem que

Ser pobre é


Memorização

Curso de Memorização

Memorização:
que dia cai?

Demais
Cursos e
apostilas


Gastronomia

carnes

bacalhau

dicas gerais

microondas

 receitas diversas

Receitas

em vídeo

tudo sobre congelamento

vinhos


Download

delivery

palpites para loteria

simulador keno (bingo)

treine digitação

ringtones de graça

Saiba quais números
mais e menos saem
na MEGASENA


Contato

Fale com o Zmaro
e/ou
PobreVirtual

Site do
Programa Zmaro

Vídeos do
Programa Zmaro
Humor inteligente
de forma descontraída...

 
Receitas do PobreVirtua e Programa Zmaro
Participe! Envie a sua, clique aqui
SUFLÊ DE CHOCOLATE
HISTÓRIA
Os astecas já consumiam as favas de cacau antes da chegada dos espanhóis na América. Foram eles que inventaram o tchocolatl, uma bebida escura, amarga e fria, feita com as sementes do fruto, pimenta e especiarias. Foi de onde veio o nome da bebida. Os europeus só teriam conhecido o poder do chocolate em 1528, quando o conquistador Cortez levou algumas sementes da América para o rei Carlos V, da Espanha. Desde então, o chocolate começou definitivamente a fazer sua história, tornando-se tão popular e valioso na Espanha que sua produção foi mantida em segredo por mais de um século. Foi só no século 18 que surgiu, em Londres, a primeira loja especializada. No século seguinte, chegou a vez de Paris, onde foi instalada a primeira fábrica do produto. No começo do século 19, as casas de chocolate surgiram por toda Europa como locais para encontros de intelectuais e pessoas da moda. A White's e a The Cocoa Tree foram as mais famosas. Ainda no século 19, os holandeses criaram o chocolate em pó e em barra. Os suíços acrescentaram o leite, que está na maioria dos chocolates em barra que consumimos atualmente. Até na literatura do Marquês de Sade há menção ao alimento. Em uma de suas histórias, pastilhas de chocolate foram distribuídas numa festa e criaram furor entre os convivas. O processo de fabriação do chocolate não mudou muito nos últimos anos desde os avanços dos suíços no século 19. Ele começa na seleção dos grãos de cacau. A amêndoa do cacau é torrada, triturada, moída, ganha manteiga e açúcar. Daí pode ser prensada e transformada em pó ou virar massa de chocolate, que é produzida a partir do licor de cacau. A massa de chocolate ganha leite para virar barra ou outros ingredientes variados no caso dos chocolates com sabor ou com nozes, avelãs e outras sementes. As etapas finais são a moldagem e o esfriamento, que deve ser feito de uma forma controlada para dar brilho ao chocolate em barra.

INGREDIENTES
100g de chocolate amargo em tablete
100g de açúcar
2 colheres de sopa de manteiga
3 gemas
4 claras
1 xícara de chá de leite
1 colher de café de essência de baunilha
3 colheres de sopa de maizena

MODO DE FAZER
1) Derreta o chocolate em banho Maria. Reserve.
2) Misture a maizena com 3 colheres de sopa de leite.
3) Acrescente essa mistura ao chocolate.
4) Junte então ao chocolate: O açúcar, a baunilha e o restante do leite.
5) Leve ao fogo brando até engrossar mexendo sempre. Espere esfriar um pouco.
6) Quando a mistura estiver morna, acrescente as gemas, a manteiga, mexa bem e deixe esfriar.
7) Bata as claras em neve e junte a mistura que deverá estar totalmente fria.
8) Mexa delicadamente até a mistura ficar bem homogênea.
9) Despeje a mistura em um refratário alto e leve ao forno forte já pré-aquecido por 20 minutos.

ATENÇÃO
Servir Imediatamente! - Esta sobremesa não espera o freguês! O freguês é quem espera a sobremesa! 

Super dica de receita e para quem faz regime:
Aprenda a fazer Salada de Vidro
clique abaixo para assitir


veja todas as receitas em vídeo https://www.youtube.com/watch?v=SR1Zk4prqYo

 


Clique abaixo para ver um pouco do Programa Zmaro
Humor inteligente de forma descontraída...

 

De grão em grão a galinha enche o bico!!!
Contribua com o PobreVirtual e Programa Zmaro. Curta, comente e compartilhe o Programa Zmaro nas suas redes sociais.
Envie seus resumos, receitas, dicas, provérbios e o que mais tiver para comaprtilhar no PobreVirtual e no Programa Zmaro. Basta acessar
www.pobrevirtual.com.br/fale
Ou se preferir você pode contribuir financeiramente depositanto qualquer valor em qualquer lotérica (Caixa Econômica Federal): agência 1998, operação 013, Poupança número 8155-0, ou veja outros meios em www.Zmaro.tv/doe 
Livros e cursos são caros, me ajude a aprender novas linguagens para lhe ensinar melhor e incrementar este site com várias novidades. Quando você passar em frente a uma lotérica, lembre-se que existe alguém que precisa muito desta(s) moedinha(s), ponha a mão no bolso e perca alguns segundos do seu tempo e faça um depósito. Pegue aquela moedinha que vai acabar caindo do seu bolso e dê um bom destino a ela.