Ser pobre é: ter que engordar/emagrecer para não gastar com roupas novas 
  

Publicidade

Aumentar Visitas  
 
 
 
 
 
Fake - O agregador de links mais Original da Net 


Busque em todo o site
com o Google

 

MAIS ACESSADOS
no PobreVirtual

  receitas diversas
  
resumo de livros
  modelos de documentos 
  classificados
  anuncios TROCA-TROCA 
  memorização: Aula 1
   quiz do PobreVirtual  
  idéias para ganhar dinheiro 
  e muito mais (veja abaixo)

 

    página principal (home) 

Encontrou um chaveiro?
Informe o código:

Cadastro
  cadastre-se (gratis) 
  meus chaveiros  
  meus sorteios  
  alterar dados 
Classificados
  anunciar
  classificados
  meus classificados
Cursos e Apostilas
  Perguntas e Respostas Jurídicas
  universidade on-line
  memorização: Aula 1
  memorização: Que dia cai?
  demais cursos e apostilas
  resumo de livros <<
Download
  delivery
  palpites para loteria
  simulador keno (bingo)
  treine digitação
  Jogo Perguntas & Respostas
Emprego
  cadastro
  balcão de empregos
  concursos
  dicas gerais
Fórum
  fórum remunerado
Entretenimento
  imagens interessantes 
  campainhas para celular 
  datas comemorativas 
  dizem que...  
  games do PobreVirtual  
  idéias para ganhar dinheiro 
   papeis de parede 
  modelos de documentos 
  pensamento positivo 
  quiz do PobreVirtual 
  letras de musicas 
  ser pobre é...
  textos em MP3
  AudioBook
  todos os posts
  todos os posts (só títulos)
Gastronomia
  carnes
  bacalhau
  dicas gerais (novidades!!!)
  microondas
  receitas diversas <<<<
  tudo sobre congelamento
  vinhos
Orkut
  Imagens e afins para scraps
Poesias
  poesias e afins
  enve a sua
TROCA-TROCA
  anunciar
  meus anuncios
  anuncios TROCA-TROCA
Venha
  ajude/divulgue
  PobreVirtual no seu site
  fale comigo
  junte-se
(cadastre-se GRATIS!!!)
 
Busca do PobreVirtual
Procurar por:



 


Receba o Informativo do Pobrevirtual
Informe seu e-mail abaixo

Inscrever  Desinscrever
Quiz
A mãe é verde. A filha encarnada. A mãe é mansa. A filha é danada.  
Clique aqui para ver a resposta


Últimos posts

Wanderley Cardoso, Seca Barriga, Fisiognomia, Pink Drag Race... Zmaro 189
26/08/2015 3:48 AM
BOA NOTÍCIA: Mulheres estão preferindo os barrigudos no Programa Zmaro 187
24/08/2015 3:50 AM
Lorena e Rafaela, Costura, Banda e mais no Programa Zmaro 188
19/08/2015 2:34 AM
Gato Galactico, Carlos Ruas, Reciclaveis, Barriga e muito mais no Programa Zmaro
12/08/2015 4:33 PM
Reciclarte, Fisiognomia e Passagem de som no Programa Zmaro 186
05/08/2015 4:35 AM
Gente! Olha que chique: Um podcast com o tema: Pobre...
31/07/2015 1:56 PM

mais posts

ou

clique aqui para mais

Google

últimos pedidos...
Nome: Dora
Mensagem: ja fiz várias receitas da net de pão sem gluten ,nem uma deu certo.por favor me envia uma boa
Nome: dennyerim lima
Mensagem: gostaria dos livros: o desenvolvimento infantil na perspectiva sociointeracionista: piaget, vygotsky ewallon;
cuidar, educar e prevenir: as funçoes da creche nasubjetivação de bebês;
avaliação psicopedagógica da criança de 0 a 6 anos.

Nome: valdeci pereira
Mensagem: vc é programador dhelp...

tenho um programa q um rapaz fez pra mim no dhelpi.. mas ele foi embora d a cidade e levou os códigos fontes. e eu preciso faz ums alterações nele. atualizar.. da dando problemas no Windows 7 e 8

o wndows xp ele roda blz 
clique aqui para ver mais

 

 

 
Resumo de Livros do PobreVirtual

Minha Gente (Sagarana) - Guimarães Rosa

PERSONAGENS: Doutor: O narrador é o protagonista. Só sabemos que é um "Doutor" por intermédio da fala de José Malvino, logo no início da narrativa: "( Se o senhor doutor está achando qlguma boniteza..."), fora isso, nem mesmo seu nome é mencioando. Santana: Inspetor escolar intinerante. Bonachão e culto. Tem memória prodigiosa. É um tipo de servidor público facilmente encontrável. José Malvino: Roceiro que acompanha o protagonista na viagem para a fazendo do Tio Emílio. Conhece os caminhos e sabe interpretar os sinais que neles encontra. Atencioso, desconfiado, prestitavo e supersticioso. Tio Emílio: Fazendeiro e chefe político, para ele é uma forma de afirmação pessoal. É a satisfação de vencer o jogo para tripudiar sobre o adversário. Maria Irma: Prima do protagonista e primeiro objeto de seu amor. É inteligente, determinada, sibilina. Elabora um plano de ação e não se afasta dele até atingir seus objetivos. Não abre seu coração para ninguém, mas sabe e faz o que quer. Bento Porfírio: Empregado da fazendo de Tio Emílio. É companheiro de pescaria do protagonista e termina assassinado pelo marido da mulher com quem mantinha um romance. O CONTO: O protagonista-narrador vai passar uma temporada na fazenda de seu tio Emílio, no interior de Minas Gerais. Na viagem é acompanhada por Santana, inspetor escolar, e José Malvino. na fazenda, seu tio está envolvido em uma campanha política. O narrador testemunha o assassinato de Bento Porfírio, mas o crime não interfere no andamento da rotina da fazenda. O narrador tenta conquistar o amor da prima Maria Irma e acaba sendo manipulado pro ela e termina casando-se com Armanda, que era noiva de Ramiro Gouvea. Maria Irma casa-se com Ramiro. Histórias entrecuzam-se na narativa: a do vaqueiro que buscava uma rês descagarrada e que provocara os marinbondos contra dois ajudantes; o moleque Nicanor que pegava cavalos usando apenas artimanhas; Bento Porfírio assassinado por Alexandre Cabaça; o plano de Maria Irma para casar-se com Ramiro. Mesmo contendo os elementos usuais dos outros contos analisados até aqui, este conto difere no foco narrativo ena linguagem utilizada nos demais. O autor utiliza uma linguagem mais formal, sem grandes concessões aos coloquialismos e onomatopéias sertanejas. Alguns neologismos aparecem: suaviloqüência, filiforme, sossegovitch, sapatogorof - mas longe da melopéia vaqueira tão gosto do autor. A novidade do foco narrativo em primeira pessoa faz desaperecer o narrador onisciente classíco, entretanto quando a ação é centrada em personagens secundárias - Nicanor, por exemplo - a oniscência fica transparente. É um conto que fala mais do apego à vida, fauna, flora e costumes de Minas Gerais que de uma história plana com princípios, meio e fim. Os "causos" que se entrelaçam para compor a trama narrativa são meros pretextos para dar corpo a um sentimento de integração e encantamento com a terra natal.

Clique aqui para ver todos os resumos de livros

 

  Dizem que: O vício não é obra do amor e nem de Deus. Deus não aprisiona, liberta. Seja o vício que for: álcool, drogas, sexo, trabalho, fanatismo religioso, remédios. Você pode, se pensar que pode...

Copyright 2004-2012 www.PobreVirtual.com.br / www.Zmaro.com.br
Para informações sobre reprodução entre em contato com webmaster@pobrevirtual.com.br