caso não consiga visualizar este e-mail, clique aqui
Celinho e Ricardo, filhos, primeiros celulares e muito mais - Programa Zmaro 120
Clique aqui para ver este vídeo no YouTube: http://youtu.be/Qz72GPz_L7U
 
Celinho e Ricardo, filhos, primeiros celulares e muito mais - Programa Zmaro 120
No museu histórico e cultural Dona Licinha, Zmaro encontra um dos primeiros modelos de celular que foram comercializados: Primeiro o Gradiente e depois o Motorola Light 2.
Zmaro conhece num clima de alto astral a dupla Celinho e Ricardo
eles contam como foi fazer a trilha da novela da Record Balaco Baco e curiosidades como, eles ensinam como saber a idade de um cavalo.
Voltando ao Projeto ACT, que é um verdadeiro curso de como ser pai (ou mãe), eles conversam sobre impor limites as crianças, educação de filhos de pais separados, como educar os filhos e até como impor limites ajuda evitar que os filhos fiquem longe das drogas

 

 

 

 

 Um pouco do PobreVirtual.com.br para você...

 

 

 

Ser pobre é...
abrir um pacote de alimento e prender a sobra com prendedor de roupa... 
não ter dinheiro para ter aulas de etiqueta para aprender que é feio ficar zombando da condição financeira alheia... 
ir no banheiro do restaurante, bar etc. e colocar o papel higienico na bolsa para usar em casa... 
convidar a esposa para jantar fora e colocar a mesa no terraço da casa... 
comprar uma roupa de "marca" só pra mostrar as amigas.... 
comprar papel higiênico folha simples e transforma-lo em quadruplo na hora de usar 
se destacar no meio de uma festa com piadas sem graça.... 
Usar pregador de roupa para manter fechado saco de açúcar, arroz, farinha, etc. 
reaproveitar a garrafa de água mineral com água de torneira... 
ir no rodizio de pizza na segunda feira pq é mais barato e levar de casa uma refrigerante pet pra economizar... 
 

para mais visite www.PobreVirtual.com.br
 

 

Dizem que...
No fundo, no fundo, todo mundo é bom. Difícil é segurar os canalhas no fundo da piscina!.. 
Se você achar que há quatro maneiras de um procedimento dar errado, e se precaver destes, então uma quinta maneira, para a qual você não está preparado, acontecerá..... 
quem espera, desespera... 
quem ri por último, ri melhor - e quem chora primeiro chora menos... 
Quem não semeia não colhe... 
Galinha de campo não quer capoeira.... 
Jacaré que fica parado vira bolsa.... 
Ter problemas é inevitável, ser derrubado por eles é opcional... 
Os verdadeiros profetas brasileiros quase nunca são reconhecidos no seu tempo... 
De médico e de louco, todos temos um pouco.... 
  

 

para mais visite www.PobreVirtual.com.br
 

 

 

Dicas gerais
CHAMPIGNON: 
Não compre champignons em conserva. São caríssimos e não rendem nada... Faça os seus em casa. Rendem o triplo pela metade do preço. 
Como fazer: Compre champignons frescos (todos os grandes supermercados tem). Em uma vasilha de vidro ou plástico coloque os champignons, suco de 1 limão, 1 litro de água gelada e uma bandeja de gelo. Deixe aí por 5 minutos. Depois retire os champignons da água e coloque-os em uma panela com água com sal que já deverá estar fervendo. Deixe fervendo por 5 minutos. Jogue fora toda aquela água com limão e coloque na vasilha outro litro de água gelada. Retire os champignons com uma escumadeira e coloque-os na água gelada. Deixe-os aí por 5 minutos. Então retire-os e coloque-os em um vidro bem limpo (se possível com álcool) e seco. Espere a água da fervura esfriar e encha o vidro cobrindo todos os champignons. Pronto! Champignons em conserva! Igualzinhos aos industrializados. Só tem um problema... Eles não são tão resistentes quanto os industrializados por não terem conservantes químicos. Então use-os todos em no máximo 3 dias. 
 
BERINGELA: Não jogue fora as cascas da beringela. Corte-as em tiras, refogue-as em azeite, alho e sal e sirva com torradas. 
Antes de guardar a beringela na geladeira, lave-a e seque-a bem. Assim ela se conservará por mais tempo. 
Fora da geladeira a beringela dura uns 2 ou 3 dias. Na geladeira, dentro de um saco plástico bem fechado, ela se conservará por até 7 dias. 
 
ESPINAFRE: Ao cozinhar espinafre, mantenha sempre a panela destampada. Assim a verdura não perderá a cor. Essa dica também vale para couve, couve-flor, taioba e brócolis. 
 
Substitua protudos de trigo e centeio por arroz, quinua, milho, grão-de-bico, trigo-sarreceno e araruta. 
Carne macia: Coloque uma colher de chá de fermento em pó durante o preparo. 
Para saber se a água do arroz que está cozinhando já secou, basta apagar o fogo, molhar o dedo e bater no lado de fora da panela, como se faz com o ferro de passar roupa. Se a panela estalar, significa que a água já secou, se não estalar, o arroz ainda tem água. 
Quando a sua roupa molhada encostar em outra peça e manchar, leve ao fogo brando com agua pura,deixe um bom tempo e a mancha vai sair. 
Uma das alternativas mais importantes para a execução de uma boa culinária é aproveitar ao máximo todos os alimentos e isso começa com a água de cozimento das hortaliças, que podem ser usadas para sopas, caldos, arroz e outros cereais. 
Sal e ovo cozido: Colocar um pouco de sal na água, ajuda a evitar que as cascas dos ovos se quebrem na hora do cozimento. 
Para que as beterrabas não manchem as saladas as quais irão misturadas, depois de cozidas e frias coloque-as no congelador, apenas para ficarem geladas (cuidado para não congelar). Então empregue. 
  

 

 

 

para mais visite www.PobreVirtual.com.br

 

 

Uma receita...
Charque carne seca com banana-da-terra 

Ingredientes 
- 500 g de charque (carne seca) demolhada e aferventada para eliminar o sal. 
- 1 colher de sopa (15 ml) de óleo 
- 3/4 xícara (100g) de toucinho fresco cortado em cubos pequenos 
- 1 cebola grande (150 g.) Cortada em rodelas 
- 1 dente de alho amassado 
- 1 1/2 xícara (360 ml) de água 
- 4 bananas-da-terra média (600 g.), Descascadas e cortada em rodelas 
- Sal e pimenta-do-reino a gosto 
- Coentro picado para polvilhar 
Modo de preparar 
Escorra o charque e, com uma faca afiada, corte em cubos de 2 cm. Reserve. 
Aqueça o óleo numa panela em fogo médio, junte o toucinho e frite, mexendo com uma colher de pau, até ficar bem dourada. 
Com uma escumadeira, tire os torresmos da panela, escorrendo bem, e 
reserve. Coloque a cebola, o alho e o charque na panela e cozinhe, mexendo de vez em quando, até a carne ficar bem dourada. Acrescente a água, misture, tampe a panela, abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 1 hora ou até o charque ficar macio, juntando mais água se for necessário. 
Acrescente o banana-da-terra e continue o cozimento por mais alguns 
minutos. Tempere a gosto com sal e pimenta-do-reino e tire do fogo. Passe 
para um prato de servir, junte os torresmos reservados, polvilhe com coentro e sirva imediatamente 
Rendimento: 6 porções 
Nota: 
A banana-da-terra pode ser substituída por 500 g. De macaxeira (mandioca) 
ou abóbora madura, descascadas e cortas em pedaços pequenos 

 


para mais visite www.PobreVirtual.com.br

Este e-mail é enviado de acordo com o "Guia de Boas Maneiras" para e-mail marketing da ABEMD - Associação Brasileira de Marketing Direto, no qual seu e-mail foi cadastrado e confirmado. Caso não queira receber o Informativo do PobreVirtual, favor acessar o site:www.PobreVirtual.com.br, informar seu e-mail, escolher a opção desincrever-se e clicar no botão atualizar que fica ao lado esquerdo, abaixo do menu - opção disponível em todas as páginas do site. Se você é um usuário registrado do PobreVirtual marque ou desmarque a opção de receber e-mails do PobreVirtual. O Informativo do PobreVirtual é gratuíto e têm apenas a finalidade de divulgar os acontecimentos e informações do site bem como avisos de concursos, promoções e afins.